O Departamento de Doenças de Condições Crônicas e Infecções Sexualmente Transmissíveis, da secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde publicam hoje (28), Dia Mundial de Luta Contra Hepatites Virais, o boletim epidemiológico de 2020. O caderno traz ações, números e orientações sobre a doença no Brasil.
Segundo o documento, as ações de combate aos diferentes tipos de hepatites fazem parte da lista de prioridades do departamento. O documento mostra que, na última década (1999-2019), foram notificados 673.389 casos de hepatites virais diversas no Brasil. A hepatite C é a forma mais comum, e responde por 37,6% de todos os casos registrados, concentrando-se principalmente na Região Sudeste.
Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), as hepatites virais causam cerca de 1,7 milhão de mortes no mundo a cada ano.
Agência Brasil