De acordo com um estudo preliminar divulgado nesta segunda-feira (20) pela revista científica The Lancet, a vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford foi considerada segura e consegue treinar o sistema imunológico humano para produzir anticorpos contra o Sars-CoV-2. As informações foram baseadas em testes com 1.077 voluntários.
A vacina é uma das mais promissoras para combater o novo coronavírus e está na terceira e última fase de estudos clínicos em humanos, tanto no Reino Unido como no Brasil.
Segundo Maria Augusta Bernardini, diretora-médica do grupo farmacêutico Astrazeneca, caso seja efetiva, a vacina poderá ficar disponível à população ainda este ano. O grupo anglo-sueco participa das pesquisas da universidade inglesa em parceria com Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Diário online com informações de IG