Delegado Felipe Oliveira pede ajuda da sociedade no fornecimento de informações

A 20ª Seccional de Parauapebas está lutando para que seja novamente implantada no local a Divisão de Homicídios, que já existiu e foi extinta da unidade policial. A luta para que a unidade possa novamente contar com uma equipe focada apenas nesse tipo de investigação é devido ao grande número de homicídios registrado na cidade.

Atualmente, os crimes são investigados pelo delegado plantonista que recebe o caso. De acordo com o delegado Felipe Oliveira, de abril deste ano até agora no mês de junho já foram registrados 36 homicídios, que estão com as investigações em andamento.

Ele ressalta que parte dos crimes está com as investigações bem adiantadas, com possibilidade de identificação dos autores, e há três mandados de prisão decretados, com um cumprimento já executado. O delegado também pede a colaboração da sociedade no fornecimento de informações que possam ajudar nas investigações.

Segundo ele, a participação da sociedade é muito importante e frisa que a pessoa pode ajudar a polícia, sem precisar se identificar. “É só ligar para o número 181 e informar sobre o paradeiro, identidade dos suspeitos ou fornecer qualquer tipo de informação que possa ajudar as investigações”, pede o delegado.

Reportagem: Tina Santos – com informações e fotos de Ronaldo Modesto – Correio de Carajás

Comentários do Facebook