A partir da próxima semana até o final do mês, a Prefeitura de Parauapebas irá realizar campanha para orientar a população sobre os cuidados que precisam ser tomados com os rins. A abertura oficial será na segunda-feira, 09, na Policlínica, onde haverá palestras e distribuição de panfletos sobre prevenção das doenças renais crônicas (DRCs) e solicitação de exames.
O desconhecimento da população em relação à doença tem sido um dos motivos do crescimento de casos. Atualmente, Parauapebas contabiliza cerca de 50 pacientes em programa de hemodiálise no hospital municipal”, informa a médica nefrologista Verônica Cardozo.
Tamanha preocupação dos profissionais de saúde deve-se ao fato que a doença renal, em sua fase inicial, é assintomática, situação grave porque a pessoa pode perder 90% das funções dos rins sem sentir nada. “Nós precisamos incentivar a prevenção para evitar complicações futuras, com foco na melhoria da qualidade de vida e na redução do impacto sobre os pacientes, famílias e sistemas de saúde em geral”, destaca o secretário municipal de Saúde, Gilberto Laranjeiras.
As atividades em Parauapebas fazem parte da Campanha do Dia Mundial do Rim, que transcorre dia 12 deste mês. No município, a Semsa trabalha para maior conscientização sobre a importância da prevenção contra os fatores de risco para a doença renal crônica e para a necessidade do diagnóstico precoce já que a falta de cuidado com os rins mata, por ano, uma média de 25 mil pessoas no Brasil e 2,4 milhões em todo o planeta, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).
Em Parauapebas, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) já realizam o acompanhamento de doenças como hipertensão, diabetes, tabagismo e obesidade, monitorando e reforçando o tratamento dos fatores de risco para doença renal crônica, além da dispensação de medicamentos preconizados nos programas.
A Campanha
Em fevereiro deste ano, a equipe de médicos e enfermeiros das unidades de saúde Parauapebas realizou treinamento para o desenvolvimento da campanha municipal e deu início a um trabalho pioneiro em todo o Brasil no que tange à coleta de dados epidemiológicos da doença renal crônica.
Durante o período da campanha, os usuários das UBS serão esclarecidos quanto aos fatores de risco para a DRC por meio de atividades educativas em sala de espera e nas consultas médicas e de enfermagem. Quem for identificado com fator de risco será cadastrado na unidade e encaminhado para a realização do exame de creatinina, no laboratório municipal, que funcionará em horário diferenciado para melhor atender os usuários participantes da campanha.
Programação de Parauapebas
09/03 – 8h30 – Policlínica – Abertura da campanha.
09/03 – 9h30 – Policlínica – Campanha do DMR na Policlínica Municipal de Parauapebas com os profissionais – Palestra sobre prevenção da DRC e solicitação de exames.
09/03 – 14h – Policlínica – Campanha DMR na Policlínica Municipal de Parauapebas com familiares dos pacientes com doenças renais crônicas (DRC): palestra e solicitação de exames.
09 a 13/03 – Todas as UBS – Campanha do DMR: palestras em sala de espera, distribuição de panfletos e solicitação de exame de creatinina.
10 a 31/03 – 10h – Laboratório Municipal – Coleta de exame de creatinina
10/03 – 7h – UPA – Roda de Conversa com Médicos da UPA, sobre os cuidados especiais na doença renal.
10/03 – Participação na plenária da Câmara de Vereadores.
10/03 – 9h – Policlínica – Roda de Conversa com Nutricionistas sobre DRC – Diagnóstico e Cuidados.
10/03 – 14h – Policlínica – Capacitação de Odontólogos: Cuidados Especiais na Doença Renal (1ª Turma).
11/03 – 8h – Policlínica – Capacitação de Farmacêuticos sobre DRC – Prevenção, Diagnóstico e Cuidados na Dispensação de Medicamentos.
11/03 – 14h – Policlínica – Capacitação de Odontólogos: Cuidados Especiais na Doença Renal (2ª Turma).
31/03 – 8h – Auditório Semad – 1ª Mostra Epidemiológica de Doença Renal Crônica do Município de Parauapebas (1ª Turma).
31/03 – 14h – Auditório Semad – 1ª Mostra Epidemiológica de Doença Renal Crônica do Município de Parauapebas (2ª Turma).
Texto: Nívea Lima/Semsa – Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP