Foto: Agência Brasil

A reconstrução do trecho que desmoronou na ponte do Rio Moju no Pará deve custar R$ 100 milhões.
O governo do Pará destaca que o valor é uma estimativa da elaboração do projeto técnico, reconstrução do trecho, remoção de entulhos da ponte avariada e colocação de rampas de acesso para atracação de balsas.
O projeto pretende colocar cabos para reduzir número de pilares fincados no rio.
As obras devem durar um ano. Enquanto isso, técnicos e gestores buscam alternativas de rotas para dar vazão ao fluxo na região.
Pela ponte do Rio Moju, passavam veículos que seguiam de Belém para a região nordeste do Pará.
Empresas que estiverem em situação regular vão ser liberadas, na próxima semana, para realizar o transporte de passageiros entre Belém e Barcarena, por meio do Terminal Hidroviário de Belém. O trânsito entre os dois municípios gira entre 5 mil pessoas por dia.
Um dos pilares da ponte foi atingido, no último sábado (6), por uma balsa irregular. Cerca de 270 metros da ponte desabaram.
O Corpo de Bombeiros e a Marinha retomaram hoje (9) as buscas por possíveis vítimas.
Até a noite dessa segunda-feira (8), não houve a localização de vestígios de vítimas ou automóveis, que poderiam estar passando pela ponte na hora do desabamento.
Reportagem: Radioagência Nacional – Foto: Agência Brasil

Comentários do Facebook