A carga, avaliada aproximadamente em R$9.000,00 estava sendo levada para o Piauí

Na manhã desta terça-feira (24), agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreenderam 26 metros cúbicos de madeira que estavam sendo transportados ilegalmente em um caminhão, em Dom Eliseu.
O flagrante de crime ambiental ocorreu quando os agentes abordaram um caminhão no km 19 da BR 010. Durante a fiscalização, o condutor do veículo, Adeildo Inacio Soares, 41 anos, afirmou não possuir nota fiscal nem a guia florestal, documentos indispensáveis para o transporte da madeira. Após realizarem a medição da carga, os agentes da PRF constataram que estavam sendo transportados aproximadamente 26 metros cúbicos de madeira serrada.
Ao ser questionado sobre a madeira transportada ilegalmente, o condutor do caminhão confessou não possuir os documentos legais do carregamento e que iria parar em um posto de combustível para aguardar a documentação da carga. Mas ao entrar em contato com o proprietário do caminhão, o mesmo afirmou aos agentes da PRF que a nota se encontrava na cabine do caminhão. Após realizarem uma revista no interior do veículo, encontraram a documentação da madeira com informações falsas. Além disso, o documento apresentava data de emissão do dia 30/01/2017, incompatível com o a data do transporte da carga.
Adeildo informou que havia embarcado a carga em Dom Eliseu, em uma serraria na Vila “Ligação” , e que ela era avaliada em R$ 9 mil. A carga seria entregue para o proprietário do caminhão em Colonia do Gurgueia, no estado do Piauí, informação essa divergente da nota fiscal e guia florestal.
Reportagem: ORMNews