Um homem, identificado como Valdicleison Lopes de Oliveira, de 31 anos, morreu após a lancha que pilotava ser atingida por uma moto aquática, no rio Tocantins, em Marabá, sudeste do estado. A tragédia ocorreu na noite do último sábado (22).
De acordo com informações de testemunhas, o acidente ocorreu em um porto próximo a Colônia de Pescadores Z-30. Além da vítima fatal, outras três pessoas estavam na lancha, mas sobreviveram.
A vítima fatal, que era conhecida como Glecy, foi atingida na cabeça. O homem morreu antes mesmo de receber atendimento. Após o acidente, o piloto da moto aquática fugiu sem prestar socorro.
Valdicleison estava acampando em uma praia na localidade durante o final de semana com a família, que veio do Maranhão. Ele decidiu ir até a orla do município para trancar o carro. Porém, acabou sendo surpreendido pelo jet ski, que estava em alta velocidade.
Uma equipe da Polícia Militar esteve no local resguardando o corpo até a chegada de peritos do Instituto Médico Legal (IML). O rapaz trabalhava como protético e deixa viúva e dois filhos órfãos.
A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o caso.
Reportagem: DOL Com informações de Alessandra Gonçalves/RBA TV