Ovo de cuscuz pode ter o recheio que o cliente pedir, diz a empresária. — Foto: Maria Romero/G1

Uma empresária de Teresina resolveu criar mais uma versão do tradicional ovo da Páscoa. Apostando em uma opção menos calórica do que o chocolate e ao mesmo tempo aproveitando um dos pratos preferidos dos piauienses, Valdirene Cunha criou o “ovo de cuscuz”.
A ideia, ela conta, veio de um amigo e cliente que, um dia, no trabalho, teve vontade de comer cuscuz recheado. Mas ele queria saborear o prato, feito à base de flocos de milho, em formato de ovo da Páscoa.
Ele me ligou e pediu, ‘Val, faz um ovo de cuscuz’. E eu fiz, com carne de sol, ovo mexido e bacon, eles gostaram e pediram novamente. Resolveram postar nas redes sociais e aceitação foi muito boa. Ainda não é como o de chocolate, porque é o tradicional, mas já recebi muitos pedidos”, diz.

Valdirene Cunha criou o “ovo de cuscuz”. — Foto: Maria Romero/G1

Valdirene conta que a melhor parte é poder rechear da forma que o cliente pedir. Desde o tradicional ovo mexido com carne de sol queijo, há a opção do frango, bacon, calabresa, ovo de codorna, carne moída e até salsicha.
Há 17 anos eu já trabalho com buffet, passei a apostar também nos doces e sempre fiz conforme o cliente pedia. Além de agradar do jeito que a pessoa prefere, eu ainda aprendo, porque às vezes a pessoa sugere um sabor que eu nunca tinha imaginado e que fica muito bom”, explica.
Como fazer
Para a equipe de reportagem, Valdirene ensinou a fazer com o recheio de carne moída com salsicha, queijo coalho, tomate cereja, cheiro verde (cebolinha e coentro) e azeitonas. O segredo, ela diz, é rechear bastante e pressionar bem o recheio na massa, para que fique com muito sabor.
Nutritivo
O nutricionista André Teles, fã do alimento e que já criou até o troféu “cuscuz com ovo” para os pacientes mais dedicados a seguir hábitos saudáveis, recomenda o consumo.
Além de ser muito regional e fazer parte do hábito principalmente do nordestino, o cuscuz é uma excelente fonte de carboidrato, é muito versátil, pode ser consumido no café, lanche, jantar e o interessante é que ele sempre seja acompanhado de uma boa fonte proteica, principalmente magra, como ovo, carne moída, queijo coalho e frango”, diz.
Mas André explica também que é preciso não exagerar nas quantidades e, para garantir um alimento mais saudável, evitar alguns acompanhamentos.
Tem que ter cuidado para não exagerar e evitar algumas coisas, por exemplo, a margarina não é tão legal, a salsicha também não é a melhor opção”, destaca.
Por fim, ele diz que o alimento pode ser um grande aliado dos praticantes de atividades físicas, por ser uma boa fonte de energia. “Como é um bom carboidrato, colocar o cuscuz como pré-treino é muito válido”.
Econômico
Além de saudável e fácil de fazer, os ingredientes do ovo de cuscuz são bem mais baratos que aqueles normalmente usados no ovo de chocolate. Por isso, o preço é bem diferente.

Empresária de Teresina criou o ovo de cuscuz. — Foto: Maria Romero/G1

Valdirene vende as opções doce e salgada nos tamanhos 250g, 350g e 500g – ela diz que esse é apenas o peso da massa, com o recheio finalizado, o peso do ovo maior chega a mais de 800g. Nos três tamanhos, os preços do ovo de cuscuz são respectivamente R$ 10, R$ 15 e R$ 22. Os de chocolate custam R$ 16, R$ 24 e R$ 48.
Fonte: G1 Globo

Comentários do Facebook