Foto: divulgaçāo

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran) prorrogou, no último dia 5 de julho, a portaria que orienta os agentes de fiscalização de trânsito da autarquia a não efetuarem autuações, tanto em Belém como no interior, pela falta do lacre em veículos que estejam devidamente emplacados e licenciados. O dispositivo de segurança estava em falta desde abril, por causa de um atraso no contrato de licitação, firmado ainda na gestão anterior. Os usuários terão até 31 de julho para regularizarem seus veículos.
Com essa nova determinação, a procura pelo serviço aumentou, resultando na formação de longas filas, especialmente no período da manhã. À tarde, diminui a demanda. “Nós precisamos fazer esse chamamento aos veículos. Então, certa aglomeração é inevitável. Mas se compararmos com semanas anteriores, já está fluindo melhor. As pessoas já conseguem planejar, tem lacres no interior e esperamos vencer essa demanda sem tanto colapso, como estava ocorrendo na última semana“, disse o diretor-geral do Detran, Marcelo Lima Guedes.
O horário de funcionamento no setor de vistoria, na sede do órgão, na Rodovia Augusto Montenegro, é das 8 às 14 h, com o expediente podendo se estender até 17 h, para atender usuários que ainda estiverem na fila. “Quem chega até às 14 h, quando fechamos a fila, tem a certeza de ser atendido. Nos últimos dias, às 15 h já está bem esvaziado o entorno“, completou o diretor-geral.
Aumento da demanda – Em média, 120 veículos eram lacrados por dia antes da falta do lacre. Desde que o serviço foi retomado, no último dia 26 de junho, o número saltou para uma média de 200 por dia. Por conta disso, a sede do Detran, em Belém, recebeu o reforço de três agentes do Corpo de Bombeiros para ajudar os servidores do órgão no serviço do lacre. Com essa participação, iniciada na semana passada, o número de veículos lacrados em um dia saltou para 360.
Mesmo com a chegada do lacre, sabemos que a frota que ficou sem esse componente obrigatório não será lacrada em apenas um dia. Então, resolvemos lançar um nova portaria que prorroga esse prazo, para que todos os motoristas fiquem em dia e não sejam penalizados injustamente“, afirmou Marcelo Guedes, acrescentando “que já tem mais uma remessa de 50 mil lacres, que deve chegar semana que vem. E a remessa atual, de 30 mil, já está espalhada pelo interior. Portanto, capital e interior já estão sendo atendidos pela colocação dos lacres“.
Reportagem: Agência Pará

Comentários do Facebook