Receita Federal encaminhou um pedido ao Ministério do Planejamento para a realização de um novo concurso público. No documento anterior foi solicitado cerca de 2.153 vagas, porém, agora o pedido conta com 5 mil oportunidades que serão ofertadas para candidatos de todo o país.
A informação veio depois da reunião realizada entre o Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (SindiReceita) e gestores do Ministério do Planejamento em Brasilia-DF.
O diretor do Departamento de Relações de Trabalho no Serviço Público (DERET) Paulo de Tarso Cancela Campolina de Oliveira, confirmou o grande número de déficit de servidores no órgão e informou ainda que o documento encaminhado so MP é para avaliação da quantidade de vagas que deverá ser aberto no certame.
Já em relação ao quantitativo inicialmente solicitado pela Receita Federal para o cargo de Analista-Tributário, o diretor disse que foram contabilizadas 1.453 vagas para preenchimento imediato, porém houve um acréscimo de 1.547 vagas.
No entanto, 3.000 vagas foram solicitadas para o cargo de Analista-Tributário da Receita Federal, considerando os dois pedidos quando foi reformulado o quantitativo ideal, somente para o cargo de Auditor-Fiscal foram solicitado 2.000 vagas no total.
Para concorrer aos cargos de analista e auditor os candidatos devem possuir o nível superior em qualquer área do conhecimento, os aprovados faram jus aos salários de R$ 11.132,21 e R$ 19.669,01, respectivamente. Os novos servidores serão regidos pelo regime estatutário, com a estabilidade garantida por lei, e os vencimentos já incluem o auxílio-alimentação, no valor de R$458.
O último certame foi realizado em 2014 e foi voltado para área de apoio, ao cargo de assistente técnico-administrativo. Na época foram ofertadas 1.026 vagas, os candidatos foram avaliados por meio de uma provas objetivas. Foram cerca de 263.770 inscritos para as 1.026 vagas oferecidas, ficou na média de 257 candidatos por vaga.
Reportaegm: DOL Concursos

Comentários do Facebook