Foto: reprodução

Foram presos ontem, segunda-feira (7), dois suspeitos do assalto residencial em Itaituba, onde dois homens se fizeram passar por funcionários da Celpa para invadirem uma residência. A prisão foi resultado do trabalho da Polícia Militar, por meio do Grupo Tático Operacional (GTO), e da Polícia Civil.
O primeiro a ser detido foi adolescente e após a apreensão dele os policiais chegaram ao segundo suspeito, que estava com dinheiro e joias. Segundo a polícia, o terceiro envolvido que também teria entrado na residência permanece foragido. Na delegacia, o menor assumiu a autoria do crime e disse ter queimado as roupas utilizadas no assalto.
Um taxista também foi conduzido à delegacia, mas afirmou não estar envolvido na ação, relatando que teria apenas feito uma corrida como outra qualquer. Ele foi liberado após ser ouvido. A polícia não descarta a participação de outros envolvidos. O valor total roubado ultrapassa R$ 50 mil, sendo R$ 20 mil em joias e o restante em dinheiro. Um carro e um revólver também foram apreendidos.
ENTENDA
O assalto aconteceu por volta das 14h30 da tarde de quinta-feira, 03, quando uma dupla de assaltantes, que estavam vestidos com uniforme da empresa Celpa, rendeu uma dona de casa e outra senhora que estava trabalhando no local, e assaltou a residência.
Reportagem: Theíza Cristhine – Correio de Carajás, com informações do Plantão 24 News

Comentários do Facebook