Um homem foi preso no município de Breves, no Marajó, durante operação realizada pelas polícias Civil e Militar no final de semana. Ele é acusado de abuso sexual e de maus tratos contra duas crianças de apenas 1 e 3 anos de idade. Segundo a polícia, uma das vítimas é surda.
A denúncia foi feita pela própria companheira do acusado, mãe das vítimas. A violência contra as crianças ocorriam na comunidade Assembleia de Deus, no rio Macacos, no interior de Breves.
O acusado foi identificado como Joel Neto Vasconcelos. Ele e as vítimas foram conduzidas para a capital pela polícia e pelo Conselho Tutelar. As crianças passaram por exames. Já o suspeito foi conduzido para a delegacia de Breves, para os procedimentos cabíveis.
Fonte: DOL com informações de Vanny Aguiar/RBATV Breves