Foto: polícia militar

Ronaldo Adriano Leal da Silva, de 23 anos, foi preso pela Polícia Militar no último sábado (09), em Parauapebas, no sudeste paraense, suspeito de hackear contas bancárias.

Foto: Polícia Militar

De acordo com informações da Polícia Militar, Ronaldo Silva é de Marabá e admitiu que estava hackeando contas de clientes bancários. Com ele, foram apreendidos uma CPU, um monitor e dois teclados.

Ao ser abordado, a polícia questionou sobre a procedência do veículo que ele dirigia e disse que tinha alugado o Jeep Renegade em Marabá, porém não sabia o nome da pessoa que alugou. A atitude gerou suspeita.DOL com informações do portal Correio de Carajás

Com o apoio Grupamento Tático (GTO), a equipe policial foi até a residência de Ronaldo, onde encontraram o computador. Ele então confessou que estava hackeando contas bancárias e fazendo transferências online.

Ronaldo Silva foi preso e permanece à disposição da justiça.

DOL com informações do portal Correio de Carajás.