A Polícia Civil do Pará prendeu, na última quinta-feira (01), Luan Quadros da Silva, conhecido por “Doidão”. O acusado foi preso por praticar o crime de estupro de vulnerável contra sua própria filha, uma criança de 5 anos de idade. A vítima deu entrada no Hospital Santo Antônio, com hemorragia e fortes dores nas partes íntimas. A prisão do acusado ocorreu residência no bairro Alto Paraíso, localizado no município de Bragança no Pará.
A ação foi realizada pela equipe da Unidade Integrada de Polícia Civil de Bragança, sob comando do delegado Luiz Guilherme Melo, investigadores Marcos Antônio e Alan Henrique.
Segundo o delegado Luiz Guilherme, após confirmar o fato por meio de boletim de médico, a Polícia Civil e a Polícia Militar passaram a diligenciar e fechar o cerco ao agressor. “Diante disso, um policial aposentado, conhecido da família e o irmão do suspeito, resolveram entregar o acusado“, explica. Luan teria transtornos psicóticos, porém não foi apresentada sua interdição ou nada que comprove o alegado.
Em interrogatório, Luan contou os detalhes da prática criminosa. Ele foi autuado em flagrante pelo delito de estupro de vulnerável e se encontra à disposição da Justiça penal.
Reportagem: walrimar Santos

Comentários do Facebook