Retrato falado dos dois homens acusados de assaltar a agência do Banco do Brasil em Parauapebas

A Polícia Civil da 20ª Seccional Urbana de Parauapebas divulgou na manhã desta segunda-feira (4) o retrato falado de dois suspeitos de tentativa de assalto à agência do Banco do Brasil, no Bairro Cidade Nova, na sexta-feira (1°).
Os retratos falados tratam de dois suspeitos do crime conhecido por sapatinho na última sexta-feira em desfavor de um funcionário do Banco do Brasil, do Bairro Cidade Nova, ambos os autores estão sendo procurados, e se alguém tiver informação pode comparecer à unidade policial que terá a identidade preservada, ou ainda ligar pelo Disque Denúncia 181”, detalha o delegado Felipe Oliveira, responsável pela investigação.
Ele também informa que os autores responderão pelo crime de roubo circunstanciado, e por terem subtraído aparelhos de telefone celulares das vítimas.
Os criminosos exigiam R$ 800 mil do tesoureiro regional do BB de Parauapebas. Para isso, o funcionário da agência bancária e seus familiares foram mantidos reféns desde a noite de quinta-feira (31), quando o tesoureiro chegava a sua residência, na tentativa de intimidá-lo a ajudar os assaltantes no crime. A família do tesoureiro foi libertada na estrada que liga à cidade de Canaã dos Carajás.
A Polícia Civil trabalha desde sexta-feira na tentativa de identificar os criminosos. No dia do episódio, viaturas da Polícia Civil e da Polícia Militar cercaram a agência após a denúncia do possível crime. Funcionários evacuaram o prédio, solicitando a saída de clientes que estavam no interior da agência.
Reportagem: Ronaldo Modesto, Luciana Marschall e Theíza Cristhine – Correio de Carajás

Comentários do Facebook