Divulgação/PF

Um paraense que não teve o nome revelado, de 41 anos, foi preso em flagrante com 400 mil euros em uma mala, no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, em Pernambuco. O caso aconteceu no último domingo (27).
De acordo com informações do UOL, ele é de Belém e o flagrante foi feito no momento em que as malas dos passageiros eram separadas para passarem pelo raio-X. A mala do paraense gerou suspeita, já que tinham materiais escondidos dentro de sapatos e roupas.
Segundo a Polícia Federal, a prisão aconteceu durante fiscalização de rotina, feita para reprimir o tráfico de entorpecentes. Ao ser abordado pela equipe, ele demonstrou nervosismo, aumentando a suspeita. Ao ser aberta a mala do passageiro, foram encontrados 400 mil euros em notas de 50, 100, 200 e 500 euros. O valor é equivalente a mais de R$ 1,7 milhão.
O paraense foi preso em flagrante e autuado por “guardar ou ocultar origem ou movimentação de valores provenientes, direta ou indiretamente, de infração penal“. A pena, em caso de condenação, é de 3 a 10 anos de reclusão. Em interrogatório, ele falou que recebeu R$ 1 mil para levar a mala e entregaria a uma pessoa no seu destino final, no desembarque do Aeroporto de Salvador (BA). A PF segue investigando a origem e a destinação dos euros.
Reportagem: DOL com informação do UOL

Comentários do Facebook