A Polícia Civil cumpre, nesta quarta-feira (14), mandados de busca e apreensão em uma nova fase da Operação Peregrino, que apura crimes de fraudes em redes sociais para aplicação de golpes no Pará, Goiás e São Paulo.
Serão apreendidos eletrônicos e celulares nos endereços, podendo ocorrer prisões em flagrante. Além do estado paulista, serão cumpridos mandados também nos estados do Pará e de Goiás.
De acordo com o DOPE (Departamento de Operações Policiais Estratégicas), somente em São Paulo, serão cumpridos cinco mandados de busca e apreensão com o apoio da polícia civil do município de Itatiba.
Os suspeitos compram chips, fazem o download do WhatsApp, colocam a foto da vítima de perfil e invadem o aparelho para roubar os contatos.
Com os dados da vítima, os criminosos mandam mensagens para os contatos dizendo que estão com algum problema e precisam de ajuda e pedem que depositem dinheiro na conta, achando que vai para o amigo ou familiar. Serão apreendidos eletrônicos e celulares nos endereços, podendo ocorrer prisões em flagrante.
Diário Online