921 tabletes de maconha foram encontrados no veículo. | Ascom/PMPA

Uma das maiores apreensões de entorpecentes ocorreu na madrugada deste domingo, 9, no município de Ananindeua, pertencente a Região Metropolitana de Belém. A operação contou com a ação do 6º Batalhão da Polícia militar, que apreendeu uma carreta que transportava o material. O veículo foi interceptado na BR-316, próximo a entrada da Ricosa, quando foi detectado que as drogas estavam dentro de caixas de ovos. O motorista da carreta foi preso em flagrante e levado à Seccional da Cidade Nova para a realização de procedimentos legais. Após contagem das drogas foram constatados 921 tabletes de entorpecentes, que resultam em 1 tonelada de maconha.
Esta ação se destaca, não só pela quantidade de droga apreendida, como também pelo horário, a rapidez com que foi planejada e, principalmente, pela técnica utilizada. Com o emprenho das forças de segurança atuando de forma conjunta, e ainda com a colaboração da sociedade conseguimos obter êxito na operação“, falou o comandante do 6° BPM, tenente-coronel Josimar Queirós.
Toda a ação só foi possível por meio de informações captadas pelas forças de inteligência do Estado, por meio da Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac), vinculada à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), Polícia Militar com ações voltadas a polícia de proximidade com a comunidade , e também pela atuação do programa nacional Em Frente Brasil, que atuam para coibir e desarticular atos de organizações criminosas, e em combate ao tráfico de drogas.
Agindo de forma integrada com os órgãos do Governo Federal, Estadual e Municipal, é possível trabalhar com efetividade para realizar a desarticulação de organizações criminosas que atuam no município de Ananindeua, assim como na Região Metropolitana de Belém. Essa é mais uma ação de apreensão que acontece no âmbito do projetoEm Frente Brasil” resultante da Integração dos órgãos de inteligência e troca de informações. Essa integração é de suma importância e reflete nas ruas, resultando na redução dos índices da criminalidade, trazendo mais paz e tranquilidade para a população paraense”, enfatizou o secretário Adjunto de Operações da Segup, Rômulo Rodovalho.
Ainda de acordo com o gestor, o combate à criminalidade permanecerá firme com o trabalho de ostensividade policial. “As ações realizadas rotineiramente pelo projeto “Em Frente Brasil” e pelos demais órgãos de segurança do estado serão intensificadas com o propósito de inibir e coibir ações criminosas, não apenas no município de Ananindeua e Região Metropolitana, mas também em todo o estado do Pará “, finalizou Rodovalho.
Fonte: DOL – com informações a SEGUP