Conforme divulgou hoje, segunda-feira (21), o Disque Denúncia Sudeste do Pará já confeccionou, desde 2015, 171 cartazes de pessoas desaparecidas em Marabá e 74 em Parauapebas. São os municípios que mais geraram cartazes neste sentido pelo serviço, seguidos de Itupiranga (9), Canaã dos Carajás (8) e São Domingos do Araguaia (4).
O programa foi criado em apoio à Polícia Civil do Pará na busca por pessoas desaparecidas e desde então já foram confeccionados 305 cartazes de desaparecidos de vários municípios do Estado do Pará, além de Goiás, Maranhão, São Paulo, Mato Grosso e Distrito Federal. Destas, houve retorno sobre a localização de 122 pessoas.De acordo com o serviço, 51% dos desaparecidos foi de mulheres e 49% de homens. Dentre aqueles que estamparam os cartazes, informou o Disque Denúncia, 44% dos homens possuem idades entre 11 a 20 anos e 17% de 21 a 30, já entre as mulheres, 74% possuem de 11 a 20 anos e 14% de 21 a 30.
Para a confecção de um cartaz, pessoas com parentes desaparecidos devem entrar em contato com a central através do Whatsapp (94) 98198-3350, enviando cópia do boletim de ocorrência registrado acerca do desaparecimento e uma foto da pessoa que está sendo procurada. Para acompanhar os cartazes que são divulgados pela central é só acessar o site: http://disquedenunciapara.org.br ou a fanpage do Disque Denúncia Sudeste do Pará, no Facebook.
Reportagem: Luciana Marschall – com informações de Disque Denúncia Sudeste do Pará

Comentários do Facebook