Vinte dias após assaltantes destruírem três agências bancárias em Rondon do Pará, a 140 km de Marabá, outro banco foi atacado na região sudeste do Pará. Nesta madrugada, sexta-feira (1º), bandidos explodiram os cofres das agências do Banco do Brasil e do Bradesco de São Félix do Xingu.
De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Civil, testemunhas apontaram que entre 10 a 15 homens chegaram à sede do município por volta de 1h30 e permaneceram até por volta de 2h30, efetuando tiros para o alto.
Em seguida, foram em direção às agências e, já próximo aos bancos, fizeram dez reféns que foram divididos em dois grupos e utilizados como “escudos humanos”. Os criminosos então entraram a tiros nos bancos e instalaram explosivos nos cofres das agências.

Após a explosão, saíram em fuga usando dois carros e liberaram os reféns. Ainda conforme a Polícia Civil, na saída da cidade os bandidos jogaram ferros pontiagudos na pista para furar pneus dos veículos policiais e um dos carros utilizados foi queimado no meio da estrada para bloquear o tráfego.
A assessoria de comunicação informa que não foram registrados feridos até o momento e que os bancos estão isolados para aguardar as investigações. Equipes da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos e Antisequestro foram deslocadas para a região e irão presidir as investigações. Também foram enviados reforços da Polícia Militar e do Grupo de Pronto-Emprego da Polícia Civil.
Não foi divulgado, até o momento, o valor roubado das agências e até o momento ninguém foi preso.
Reportagem: Luciana Marschall – Correio de Carajás

Comentários do Facebook