O aposentado Manoel Gomes Leal, de 82 anos de idade, foi assassinado na noite do dia 19 do mês passado por dois homens que chagaram à casa da vítima desferindo vários disparos de arma de fogo. A Polícia Civil iniciou as investigações e na quarta-feira (24), apresentou Antonio Silvano Barcelar da Silva como principal suspeito pelo crime, que aconteceu na cidade de Breu Branco, na região sudeste paraense.

Antonio Barcelar é suspeito de tirar a vida do próprio sogro | Divulgação/PC

De acordo com a policia, por volta de 19h, o idoso estava em casa quando os dois homens encapuzados chegaram ao local em uma moto. O garupa desceu do veículo, entrou na residência e encontrou a vítima na sala do imóvel. Sem mencionar qualquer palavra, o atirador sacou a arma e desferiu três tiros no aposentado que morreu no local.
Na ocasião, as polícias Civil e Militar foram acionadas para o local. Investigadores isolaram a área enquanto aguardava a chegada de uma equipe do IML de Tucuruí para remover o corpo. A princípio, apenas um inquérito policial foi aberto para investigar o crime, considerada atípica no jargão policial, já que a vítima era uma pessoa idosa. A PM fez diversas incursões pela cidade, sem sucesso.
Já, nesta quarta-feira, a Polícia Civil apresentou o genro do aposentado como o principal suspeito. As autoridades não divulgou o que teria motivado o crime. Antonio Silvano está preso a disposição da justiça.
Diário Online com informações do Portal de Carajás