Na noite da última segunda-feira (27), Francislei de Almeida Santos,38 anos, mototaxista e proprietário de uma distribuidora de bebidas localizada na rua São Luiz esquina com rua 2, no bairro Primavera, foi assassinado com vários tiros.
De acordo com informações de pessoas que estavam próximas ao local do crime, um homem chegou na distribuidora, chamou a vítima pelo apelido, “Negão”, e disparou 6 tiros contra o mesmo. Cinco tiros acertaram a região do peito e estômago do mototaxista e o outro tiro acertou a perna de sua esposa, Cleide Souza Dias.
Uma equipe do Samu chegou ao local e realizou os primeiros socorros nas vítimas que foram encaminhadas para o Hospital Municipal de Parauapebas, onde o mototaxista ao entrar na sala de cirurgia, chegou a falar que sabia quem havia disparado os tiros contra ele e a esposa, mas logo em seguida “Negão” veio a óbito, não revelando a identidade do autor dos disparos.
Cleide continua internada no Hospital Municipal de Parauapebas e o caso está sendo investigando pela Polícia Civil.