Cosme da Conceição foi morto a facadas dentro da própria casa no Bairro Araguaia

A Delegacia de Homicídios da Polícia Civil em Marabá foi acionada por volta das 10h30 sobre o homicídio de Cosme da Conceição, de 28 anos, no bairro Araguaia, conhecido como “Ocupação da Fanta”, na periferia da Nova Marabá. Ele foi morto por diversos golpes de arma branca, dentro da própria residência.
Segundo populares, até onde se sabe, a vítima nesse caso não tinha relação com nenhum ilícito. Pelo contrário, era líder da comunidade jovem da igreja local. Mas ninguém viu e nem ouviu nada durante a madrugada, quando provavelmente ele foi executado.
Na manhã desta segunda-feira (17), a delegada Raissa Beleboni, que investiga o caso, conversou com a Imprensa de Marabá sobre o assassinato. Segundo ela, poucas informações foram colhidas no local, mas dentro da casa foi encontrada uma grande quantidade de sangue, mas não obteve informações sobre a dinâmica do crime.

A vítima seria religiosa, o que intriga as autoridades policiais

A vítima residia naquela local, era bastante conhecida por ter sido líder de um grupo de jovens da igreja daquela região, mas não foram obtidas informações sobre como o crime aconteceu; as circunstâncias do fato. Segundo determinou o perito (do Instituto Médico Legal), o fato ocorreu durante a madrugada, mas só pela manhã o corpo foi encontrado”, relatou a delegada.
Segundo ela, nesse caso, ao que tudo indica, a motivação para o crime é diferente da maioria dos outros casos que são investigados em Marabá, que são execuções em decorrência de acerto de contas. “Nesse caso não, nada indica que a vítima tenha envolvimento com a criminalidade”, reafirma a policial.
Por fim, Raissa Beleboni pediu, mais uma vez, que a população colabore com o trabalho policial para identificar e prender o autor do bárbaro crime: “A gente pede, como sempre, o apoio da população para as pessoas que tenham informação sobre esse caso, a rotina da vítima, o que pode ter acontecido na noite anterior, mas que não queira se identificar, que utilize do Disque Denúncia pra encaminhar as informações, pra que a gente possa apurar o mais rápido possível a autoria de mais esse crime de homicídio em Marabá”.
Chagas Filho – Correio de Carajás

Comentários do Facebook