Reprodução

Luana Silva da Conceição, de 31 anos, foi morta com golpes de faca e tesoura. O acusado do crime é o ex-marido João Sávio, que foi preso em flagrante.
O caso aconteceu na cidade de Oriximiná, oeste do Pará, nesta terça-feira (11).
Segundo as informações de testemunhas, Luana Silva havia saído na companhia de um irmão, de 17 anos, até o Conselho Tutelar de Oriximiná para tratar sobre a guarda de uma filha que tem com o ex-marido.
Quando estava no local aguardando o atendimento, foi abordada pelo acusado.
Após uma discussão, ele esfaqueou a ex-mulher e o ex-cunhado.
Ela ainda tentou se esconder em um salão de beleza, mas o ex-companheiro assassino foi atrás dela, pegou uma tesoura e a matou.
Interrogado para saber o que levou a praticar o crime, o acusado informou que tudo foi motivado pelo término do relacionamento.
Eles estavam separados há algum tempo e o homem suspeitava que o filho que a mulher esperava não era dele.
João Sávio foi autuado em flagrante por feminicídio e encaminhado para um presídio da região.
O irmão de Luana está internado no hospital em estado grave.
Fonte: DOL – com informações de J.R Avelar

Comentários do Facebook