Johnson Santos Barbosa (foto à esquerda) estava dentro do carro da família quando foi atingido com diversos disparos. Janela do veículo ficou com as marcas dos tiros | Reprodução Facebook

O gerente de um posto de combustíveis foi assassinado em um crime com características de execução, na manhã desta terça-feira (30), no município de São Félix do Xingu, no sudeste paraense. A vítima estava ao lado da esposa no momento do homicídio.
De acordo com informações da mídia local, Johnson Santos Barbosa, que é gerente de um posto de combustíveis em São Félix do Xingu, morava na localidade de Ilha Grande e fazia a travessia de barco para a cidade de São Félix do Xingu.
Por volta das 7h, ele chegou a São Félix, acompanhado da esposa, do enteado, de uma sobrinha e do caseiro da residência deles. Johnson se dirigiu a um estacionamento onde estava o carro da família, uma caminhonete Ranger, mas o veículo estava sendo “fechado” por um Toyota Corolla.
Quando entrou na caminhonete, Johnson foi surpreendido por um atirador que atirou quatro vezes contra o vidro do carro. Ele ainda foi socorrido pela esposa, mas morreu antes de chegar ao hospital.
Segundo informações do coronel Wendell, comandante do 36° BPM em São Félix do Xingu, guarnições da PM realizam buscas na cidade, e foi montada barreira na rodovia PA-279, entre as cidades de São Félix do Xingu e Tucumã, e nas vicinais para tentar identificar e prender os executores do gerente.
A Prefeitura de São Félix de Xingu emitiu nota de pesar pela morte de Johnson,
Com informações do portal Tailândia

Comentários do Facebook