Reginaldo Carneiro é considerado foragido pela polícia, que continua buscando localizá-lo.

A Polícia Civil do Pará em Parauapebas já identificou o motorista do táxi que atropelou e matou Lilian Mendes, de 42 anos, por volta 18 horas na Avenida dos Buritis, bairro Cidade Jardim, em Parauapebas. Ele é Reginaldo Carneiro do Santos, conhecido como “Maranhão”. Casado, 46 anos, ele não possui concessão de táxi em Parauapebas, trabalha como motorista auxiliar.
Desde o atropelamento, quando imagens começaram a circular nas redes sociais, a polícia civil buscava identificar o motorista, e isso se deu uma hora após a tragédia que vitimou Lilian. De lá pra cá delegado Gabriel Henrique Alves Costa, plantonista da 20º Seccional de Polícia Civil de Parauapebas fez várias incursões pela cidade para encontrar Reginaldo, mas todas foram em vão. Em contato com a família dele, o delegado a recebeu a informação de que não sabiam do paradeiro do taxista.
O veículo, um Chevrolet Classic, ano 2015, em nome de Marcos Silva Ribeiro, afiliado da Cooperativa de Táxi Lotação de Parauapebas – Cooptalp – no entanto, foi encontrado e apreendido pela polícia civil. Ele está na delegacia local onde deve passar por perícia para confirmar que foi mesmo o que atropelou Lilian.

O velório de Lilian Mendes será na Igreja Adventista do Sétimo Dia, localizada na Rua N, entre as ruas 16 e 17, no bairro União. A partir das 09h30.

VEJA A MATÉRIA COMPLETA NO BLOG DO ZÉ DUDU CLICANDO AQUI

Comentários do Facebook