A vítima estava acompanhada do tio quando foi até a Seccional do bairro | Reprodução/Google Maps

Na noite do último domingo (18), uma mulher, identificada como Maria Adriana, que estava na companhia do tio, procurou a Seccional do Paar, em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém (RMB), para prestar queixas contra o ex-companheiro que a ameaçava de morte.
Segundo a Polícia Militar, a vítima afirma que o agressor, Luan Ney do Rosário, estava armado e ameaçava matá-la após um desentendimento.
Na ocasião, um dos investigadores plantonista que testemunhou a cena interveio para conter a ação de Luan, mas o tiro atingiu o tio da vítima, que recebeu atendimento médico e não corre risco de morte.
Após diligências, Luan Ney foi preso e um inquérito será instaurado para apurar os fatos.
Reportagem DOL – com informações da Polícia Civil

Comentários do Facebook