Mais um estabelecimento comercial de Parauapebas foi autuado por superfaturamento na venda de álcool gel. A autuação aconteceu na manhã desta terça-feira (24), por uma equipe do Procon, com apoio da Polícia Civil.
O estabelecimento, localizado no Bairro Jardim Canadá, estava vendendo o galão de cinco litros do produto a R$ 170. A denúncia de preço abusivo foi feita por uma cliente do estabelecimento, que relatou ao Procon que antes da pandemia do coronavírus costumava comprar o mesmo galão por R$ 46.
Ontem, ao procurar o produto, levou um susto ao ver que estava sendo cobrado mais de 300% acima. Diante da denúncia, os fiscais foram ao local e conversaram com um homem que se identificou como gerente do estabelecimento comercial.
Os ficais perguntaram a quanto ele estava vendendo o galão e foram informados que custava R$ 170. Questionado quanto estava sendo a margem de lucro do estabelecimento na venda do produto, ele disse que costumava calculá-la entre 30% e 40% sobre o valor comprado do fornecedor.
Os fiscais pediram a nota fiscal e viram que o galão tinha sido adquirido a R$ 100, ou seja, a margem de lucro estava sendo de pelo menos 70%. Diante da comprovação da venda abusiva, o estabelecimento foi autuado e o gerente conduzido para a 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil para prestar os devidos esclarecimentos.
Tina Santos – Correio de Carajás

Comentários do Facebook