Armas que teriam sido usadas pelos acusados para atirar nos policiais/ Fotos: Polícia Militar

Dois homens morreram em confronto com uma guarnição do Grupamento Tático Operacional (GTO), da Polícia Militar, na zona rural de Parauapebas. Segundo informações da polícia, os dois teriam roubado um veículo em uma fazenda na Vila Carimã e, durante a abordagem, teriam tentado enfrentar os policiais a tiros, sendo alvejados no tiroteio.
Joel França de Mel e Marco da Cruz Mel ainda foram socorridos e levados para o Hospital Municipal de Parauapebas, onde foi constatado que os dois já chegaram mortos. A ação aconteceu na noite de ontem, quinta-feira, 3.

Acusados teriam enfrentado o GTO a tiros e levaram a pior

Segundo o comandante do 23º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Gledson Melo dos Santos, por volta de 23 horas, os acusados atacaram o dono da fazenda, o amarraram e roubaram uma picape Fiat Strada, de cor branca e Placa QEN-1853, além de outros pertences da propriedade.
Assim que o caso foi comunicado, o destacamento da PM Palamares fez uma barreira na estrada de acesso a Vila Carimã e uma guarnição do GTO se dirigiu para a área. No meio do trajeto de acesso à vila, a guarnição se deparou com os suspeitos e deu sinal para que parassem.
Nessa hora, o homem que estava na carona apontou uma arma de fogo na direção dos policiais, que efetuaram disparos nos pneus do veículo. O homem que conduzia perdeu o controle e o carro estancou.
Ainda segundo a polícia, os dois ocupantes do veículo saíram empunhando as espingardas e ainda atirando, mas os policiais revidaram atingindo ambos.
Reportagem: Tina Santos – com informações de Ronaldo Modesto – Correio de Carajás

Comentários do Facebook