Na madrugada do Natal, 25 de dezembro, dois menores de 15 e 17 anos estupraram a própria prima, de 17, que estava desacordada após ingerir bebidas alcoólicas.
O crime aconteceu dentro da própria casa da vítima no Bairro Parque do Sol, em Nova Mutum, Mato Grosso.
Foi a mãe da garota que procurou a polícia suspeitando que a jovem teria sido abusada sexualmente. Segundo a genitora, a menina e os primos moram na mesma casa e foram dormir por volta das 4 horas da manhã de quarta-feira (25), após passarem a madrugada comendo e bebendo.
Por volta das 9h30m, a adolescente acordou com as partes debaixo de suas roupas abaixadas e o primo de 17 anos entre suas pernas. O de 15 estava sentado na cama ao lado.
Ao perguntar o que o garoto fazia ali, ele disse que procurava os óculos dela. A jovem disse que estavam na sala e que iria lá pegar.
Quando o primo de 15 anos disse que “não adiantava ela contar, que ninguém acreditaria que aconteceu”, a vítima percebeu que havia sido estuprada.
Acreditar em que? Do que você está falando?”, disse a vítima ao desconfiar da conversa do primo. Ela se levantou para procurar ajuda e foi seguida pelo menor de 15 que tentava fazê-la desistir de denunciar, mesmo ela não tendo dito que faria isso.
A Polícia Militar foi acionada e o menor de 15 anos foi encaminhado à delegacia na companhia da mãe. O adolescente de 17 anos foi apresentado às autoridades momentos depois pela própria mãe.
O caso foi registrado como estupro e será investigado pela Polícia Judiciária Civil.
Reportagem: DOL – com informações de O Livre

Comentários do Facebook