Foto: Erlon Rodrigues/Divulgação

Um homem de 41 anos, acusado de liderar uma organização criminosa no Pará, foi detida em Manaus, no Amazonas, onde levava uma vida de luxo. Na casa dele, a polícia apreendeu munições de uso restrito, 15 mil dólares e diversos frascos de anabolizante.

O acusado – Marco Aurélio Rosas de Jesus Júnior – era considerado foragido da Justiça do estado do Pará, por tráfico de drogas. Ele foi detido na tarde da última quarta-feira (7) em um condomínio de luxo.

Começamos a monitorá-lo desde dezembro de 2017. Durante as investigações conseguimos identificar que Marco assumiu a identidade de Marcos Antônio Filho e, com esse nome, conseguiu tirar todos os documentos aqui no Estado. […] Descobrimos a existência de uma sentença condenatória em nome dele, por tráfico de drogas, datada de 21 de janeiro de 2010, pelo juiz Paulo Pereira da Silva Evangelista, da 6ª Vara Criminal do Pará”, explicou o delegado Guilherme Torres.

Foto: Erlon Rodrigues/Divulgação

Durante revista na casa de Marco, os policiais civis apreenderam US$ 15 mil, R$ 1,5 mil, um carregador com 10 munições 380, duas munições PT.40, documentos pessoais falsos, além de frascos e caixas de anabolizantes de uso humano e veterinário, seringas para aplicação de substâncias injetáveis, 10 aparelhos celulares e dois tablets.

A ordem judicial em nome dele é referente a uma operação deflagrada pela Polícia Federal em 2010. Marco é considerado o líder de uma organização criminosa que atua no estado do Pará. Ao todo, 16 pessoas foram sentenciadas pelo Ministério Público Federal (MPF) por envolvimento com o tráfico de drogas naquele estado”, explicou Queiroz.

Logo após a Audiência de Custódia, Marco será conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), na zona rural de Manaus, onde irá ficar à disposição da Justiça, até que seja definido se ele será transferido para unidade prisional no Pará.

As informações são da Polícia Civil do Amazonas.

Comentários do Facebook