Um paciente na Holanda e outro na Bélgica pegaram a Covid-19 duas vezes, informou a TV holandesa Nos nesta terça-feira (25/8).
Os casos foram noticiados após a divulgação do caso de Hong Kong, no qual um homem de 33 anos teve a segunda infecção comprovada por uma versão genética do coronavírus diferente da que causou a primeira doença.
O paciente holandês é uma pessoa idosa com o sistema imunológico frágil, de acordo com a virologista Marion Koopmans, citada pela emissora holandesa. “Eu não fico assustada por alguém aparecer com uma reinfecção. O que precisamos observar é com que frequência isso acontece”, afirmou.
O paciente belga teria apresentado apenas sintomas leves na segunda manifestação da Covid-19. Os três casos de reinfecção comprovada mostram que pelo menos algumas pessoas que adquirem a doença não desenvolvem anticorpos suficientes para protegê-las de outras cepas do vírus.
Entre os desafios dos cientistas agora estão descobrir em que frequência a reinfecção ocorre e se há outras variáveis associadas. No Brasil, pelo menos 15 casos de possível reinfecção estão sendo estudados.
Fonte: Metrópoles