A educação superior de Parauapebas celebra mais uma conquista. Na manhã do último sábado, 2, na sala de videoconferência do Centro Universitário de Parauapebas (Ceup), ocorreu a aula inaugural dos cursos de Licenciatura em Matemática e Pedagogia, ambos da Universidade do Estado do Pará (Uepa).

Realizados na modalidade a distância, por meio da Universidade Aberta do Brasil (UAB), os cursos contemplam 80 estudantes (40 de cada turma) e são ofertados com o apoio da Prefeitura de Parauapebas.

Estas são as primeiras turmas da Uepa, ofertadas por intermédio da UAB no município. Contudo, o polo da instituição, implantado em 2005, já formou sete turmas de graduação e uma de pós-graduação. Todas da Universidade Federal do Pará (UFPA). Atualmente, funcionava apenas com uma turma: Licenciatura em Ciências Biológicas.

A aula inaugural foi ministrada pelo doutor em Educação em Ciências e Matemática e diretor de Apoio à Extensão da Uepa, Osvando dos Santos Alves. Dele, os calouros receberam informações sobre a universidade (campus, cursos e funcionamento) e os desafios do ensino superior a distância, além das primeiras instruções sobre o curso.

O diretor informou que a Uepa já trabalha com educação a distância há mais de 15 anos e que o modelo de ensino é tão bom quanto o presencial. “Educação a distância exige dedicação e disciplina. Existem vários estudos que comprovam que o aluno que se forma em educação a distância é igual ou melhor do que aquele do presencial. O diploma tem o mesmo valor. Vocês são alunos diferenciados e serão profissionais diferenciados, então parabéns a todos pelo ingresso e bem-vindos à Uepa”, disse Osvando Alves.

A coordenadora do Polo UAB Parauapebas, Catarina de Lourdes Santos, também prestou alguns esclarecimentos aos alunos e se colocou à disposição. “O polo está à disposição de vocês. Nós temos, aqui no Ceup, uma ótima infraestrutura, com salas de aulas amplas, biblioteca e laboratório de informática com internet, tudo para que vocês tirem o máximo de proveito dos cursos”, pontuou.

PROGRESSO NA VIDA

A graduanda Nátia Marielle Alves, do curso de Licenciatura em Matemática, vê o curso como uma nova oportunidade de conquista do diploma de ensino superior e também de mudança de vida. “Eu já havia iniciado esse mesmo curso em 2006, mas, por falta de tempo, acabei desistindo e, agora, mais de uma década depois estou aqui, ansiosa para estudar”, confessou a jovem.

Adriany Santos também é uma das pessoas beneficiadas com os cursos. Formada em Comunicação Social – jornalismo, a estudante acredita que a licenciatura irá lhe proporcionar algo almejado há muito tempo. “A área educacional sempre me atraiu, e eu pretendo, por meio dessa graduação, adquirir novos conhecimentos e contribuir com a educação do meu País”, aspira a caloura.

Durante o evento, o secretário municipal de Educação, Raimundo Neto, deu as boas-vindas aos alunos e falou sobre a relevância de propiciar aos jovens acesso à universidade. “É muito importante dá oportunidade para que os nossos jovens tenham acesso à universidade. Infelizmente, aqui no Brasil esse acesso ainda é muito limitado. Nós estamos fazendo um esforço para que Parauapebas ofereça essas oportunidades”, declarou Neto, mencionando o quanto o ensino a distância tem favorecido o ingresso de muitos estudantes no ensino superior.
Texto e fotos: Messania Cardoso | Semed – Assessoria de Comunicação – Ascom | PMP