O edital de abertura de inscrições do aguardado concurso para a Polícia Civil do Pará está previsto para ser divulgado entre os meses de agosto e setembro. A confirmação ocorreu pelo diretor-geral da corporação, Alberto Teixeira, por meio de publicação em rede social. De acordo com ele, o processo de licitação para a escolha da banca deverá ser iniciado em junho.
O processo licitatório estava suspenso desde fevereiro, por liminar, em mandado de segurança, na 6ª vara do Juizado Especial Civel. Porém, teve aval para ser retomado em 6 de abril, por decisão da desembargadora Ezilda Pastana Mutran.
A seleção contará com uma oferta de 1.495 vagas, em diversos cargos. Do total de postos, 265 serão para o cargo de delegado, 252 para escrivão, 818 para investigador e 160 para papiloscopista. Para todos os cargos é exigida formação de nível superior, com remunerações básicas iniciais, de acordo com os últimos concursos, de R$ 5.204,05 para investigador, escrivão e papiloscopista e R$ 12.250 para delegado.
De acordo com o projeto básico, divulgado para a escolha da banca, as taxas deverão ser de, no máximo, R$ 182,95 para o cargo de delegado e R$ 148,68 para as demais funções. A expectativa do órgão é de que o concurso conte com um total de 42 mil inscritos. Ainda de acordo com o projeto básico, o certame será realizado por meio de seis etapas, incluindo provas escritas, avaliação oral, teste de capacidade física, exames médicos, avaliação psicológica e investigação social.
Quem conseguir aprovação em todas estas avaliações será convocado para a segunda fase, que contará com curso de formação profissional.
Fonte: Diário Online