Reprodução

MC Gui corre risco de ser denunciado ao Ministério Público após divulgar, nas redes sociais, um vídeo pelo qual foi acusado de humilhar uma criança durante passeio pela Disney, em Orlando (EUA).
Na última terça-feira (22), o funkeiro participou do quadro Hora da Venenosa, na RedeTV!, e pediu desculpas publicamente.
Contudo, de acordo com a advogada Fernanda Zucare, especialista em direito civil, a divulgação das imagens pode gerar problemas para o cantor. A magistrada analisou o caso e informou que o MP pode definir a postura de Gui.
Fernanda explicou que qualquer pessoa pode denunciá-lo, uma vez que o vídeo ainda circula nas redes sociais. “O MP pode, por mera liberalidade, investigar isso, tendo em vista que foi um caso que ocorreu de forma pública”, disse ela.
Quando fez o vídeo, ele utilizou a imagem de uma criança indevidamente, além disso, não tinha autorização para filmá-la ou jogá-la na internet. Ele descumpriu o Estatuto da Criança e do Adolescente e colocou essa criança, que já estava em posição de vulnerabilidade, em uma posição de mais vulnerável ainda”, argumentou a advogada.
Fernanda diz, ainda, que há possibilidades de MC Gui ser condenado por danos morais e materiais. “Acredito que indenização financeira, fora que ele tem um prejuízo material com contratos perdidos, é um prejuízo como forma de aprendizado”, concluiu.A mãe de MC Gui, Claudia Baronesa, usou as redes sociais para se desculpar e tentar “reparar o erro” do filho.
Reportagem: DOL com informações Metrópoles

Comentários do Facebook