Após ter sido declarado morto, um homem foi encontrado vivo no cemitério de uma aldeia egípcia ao norte do Cairo. De acordo com o jornal l Youm7, o ex-professor Mohammed El-Gammal, de 46 anos, sofre de um distúrbio mental, que muitas vezes o levava a sumir durante meses.
Segundo o jornal, em janeiro deste ano, ele sumiu mais uma vez, porém, por mais tempo do que de costume. A família começou a procurá-lo e recebeu a ligação de um conhecido que trabalha em um hospital dizendo que o corpo de um homem não identificado havia chegado ao local. Parentes do ex-professor reconheceram o cadáver com sendo dele. Uma amostra de DNA chegou a ser colhida, mas a família decidiu realizar o funeral sem conferir o resultado do exame.
No entanto, após quatro meses do enterro, um grupo de jovens foi surpreendido com a figura de Mohammed perdida entre os túmulos do cemitério da cidade. Ainda segundo a publicação, o ex-professor procurava um lugar para dormir. Os moradores encaminharam o homem que “voltou dos mortos” até uma delegacia da região, onde foi recebido por um irmão, que o ajudou a prestar depoimento sobre a ocorrência.
Diário Online – com informações de R7 – Fotos: Reprodução/jornal l Youm7