Na sessão ordinária desta terça-feira (12), a vereadora Eliene Soares (MDB) solicitou ao Poder Executivo municipal a implantação de uma academia ao ar livre, com aparelhos adaptados aos portadores de necessidades especiais, na Praça dos Metais, localizada na Rua E, Bairro Cidade Nova.

A parlamentar destacou, por meio da Indicação nº 191/2018, que a proposição abre a possibilidade de implantação de outras academias adaptadas nas demais áreas públicas. Assim, maior quantidade de munícipes, independentemente de sua faixa etária ou de sua condição econômica, poderá se exercitar adequadamente e obter maior qualidade de vida.

Eliene ressaltou ainda que a gestão municipal anterior prometeu e não cumpriu, após tenso processo de desocupação de ambulantes e feirantes, transformar a Praça dos Metais em uma grande praça multifuncional que abrigaria eventos, playground, pista para caminhada, academia ao ar livre e espaço para a prática de diferentes esportes.

Nesse sentido, esta propositura vem resgatar a dívida deixada com a população de Parauapebas, especialmente a comunidade que mora no entorno da Praça dos Metais. A implantação do Programa Academia da Saúde irá contribuir com o incentivo da prática de exercícios físicos que se enquadram na política da medicina preventiva técnica utilizada pelos povos do oriente há séculos”, destacou a vereadora.

Com a regulamentação, será possível a obtenção de recursos dos entes federal e estadual, bem como a padronização e a continuidade do serviço já prestado, promovendo, portanto, a saúde e hábitos de vida saudáveis à população.

Benefícios

Os equipamentos das academias ao ar livre não têm peso e usam apenas a força do corpo para exercícios de musculação e alongamento. Trata-se de sistema que se adapta ao usuário com o peso do próprio corpo, criando resistência e gerando benefício personalizado, independente de idade, peso e sexo.

Os equipamentos são indicados para maiores de 12 anos e, principalmente, para pessoas da terceira idade, que perdem naturalmente parte da força muscular com o passar dos anos, mas podem ser usados por qualquer pessoa, funcionando como academia de ginástica ao ar livre.

Assim, com a implantação de uma academia ao ar livre, haverá estímulo ao hábito da prática de exercícios físicos, para que, consequentemente, o cidadão diminua o risco de doenças cardiovasculares, evite lesões nas articulações, aumente a disposição física e psicológica para o dia a dia, uma vez que o investimento a ser empregado pelo município terá o retorno na saúde dos cidadãos.

Por compreenderem que a implantação de uma academia ao ar livre irá beneficiar a comunidade parauapebense, os vereadores aprovaram a proposição, que será encaminhada à administração municipal para análise e possível implantação.

Texto: Josiane Quintino / Revisão: Waldyr Silva / Foto: Lucas Dias

Comentários do Facebook