A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio da Rede Cegonha, realizará de 1 a 7 de agosto a Semana Mundial de Aleitamento Materno, com o tema “Apoiar a Amamentação para um Planeta mais Saudável”.
Além de atender ações voltadas à criança na tentativa de reduzir a mortalidade infantil, a programação tem como objetivo disseminar informações com ações educativas para profissionais de saúde e população em geral via redes sociais e unidades de Saúde.
A iniciativa deu-se por conta do atual cenário mundial, que se faz necessário o distanciamento social, evitando, assim, possíveis aglomerações. Por isso, serão transmitidas duas lives sobre o tema pela fanpage da Prefeitura no Facebook, conforme cronograma:
04/07 – Transmissão por meio da da fanpage da Prefeitura de Parauapebas e portal Pebinha de Açúcar.
06/07 – Transmissão aberta por meio da fanpage da Prefeitura de Parauapebas e portal Pebinha de Açúcar.
Benefícios da amamentação para o bebê
A amamentação exclusiva é a melhor maneira de alimentar a criança nos primeiros meses de vida. É ideal para o seu crescimento saudável e desenvolvimento. O leite materno é um alimento natural para os bebês, pois fornece toda a energia e os nutrientes que o recém-nascido necessita nos primeiros meses de vida.
• · É fácil de ser digerido e provoca menos cólica no bebê;
• · Colabora para a formação do sistema imunológico da criança, previne alergias, obesidade e intolerância ao glúten;
• · O momento da amamentação aumenta o vínculo entre mãe e filho, e colabora para que a criança se relacione melhor com outras pessoas;
• · Previne a anemia;
• · A sucção ajuda no desenvolvimento da arcada dentária do bebê;
• · Quando o ômega 3 está presente no leite materno, o que varia de mulher para mulher de acordo com sua alimentação, ele ajuda no desenvolvimento e crescimento dos prematuros nos primeiros meses de vida.
• · Bebês que mamam exclusivamente no peito até os seis meses têm menos risco de desenvolver asma e artrite reumatoide e recebem uma proteína que combate vírus e bactérias do trato gastrointestinal.
Benefícios para mães
• · Ajuda no desprendimento da placenta, contribuindo para a volta do útero ao tamanho normal. Com isso, também evita o sangramento excessivo e, consequentemente, que a mãe sofra de anemia;
• · Protege a mãe contra o câncer de mama e de ovário;
• · Estudo publicado no American Journal of Obstetrics revela que a amamentação reduz o risco de a mulher desenvolver síndrome metabólica (doenças cardíacas e diabetes) após a gravidez, inclusive para aquela que teve diabetes gestacional.
• · A amamentação dá às mães sensações de bem-estar, de realização, e também ajuda a emagrecer, pois consome até 800 calorias por dia;
• · É natural, prática, e não desperdiça recursos naturais;
• · O leite materno está sempre pronto para ser transportado e ingerido (não precisa nem aquecer).
• · Protege a mãe contra doenças cardiovasculares.
Texto: Nívea Lima – Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP