Em mais uma ação de enfrentamento ao novo coronavírus, a Prefeitura de Parauapebas, numa parceria com a empresa Vale, iniciou a construção do Hospital de Campanha do município. A estrutura temporária contará com mais 100 leitos para receber pacientes com sintomas da Covid-19, com quadro clínico de baixa e média complexidades.
A estrutura está sendo construída anexa ao Hospital Municipal de Parauapebas. “Os serviços andam acelerados. Estamos preparando o terreno, fazendo a terraplanagem e sistema de drenagem, com equipes da Secretaria de Obras (Semob) e do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saaep). É mais uma medida para trazer tranquilidade, conforto e garantir que o cidadão de Parauapebas tenha um ambiente seguro para cuidar e se tratar do coronavírus”, esclarece Wanterlor Bandeira, secretário de Obras.A construção do Hospital de Campanha é uma iniciativa que se soma a outras já adotadas pelo governo em parceria com a Vale, como a reforma de uma área do antigo hospital municipal, onde foram implantados 40 leitos de semi-UTI também para casos de coronavírus. A reforma foi entregue nesta quinta-feira, 16, à prefeitura, que agora vai instalar os equipamentos no espaço.
As ações de combate à Covid-19 são necessárias e se intensificam para impedir que a doença se alastre em Parauapebas. A prefeitura tem adotado várias medidas, como exigir o uso de máscaras em ambientes públicos, promover o isolamento social e implantar barreiras sanitárias nas entradas do município e no acesso aos projetos de mineração, além de realizar fiscalizações em estabelecimentos comerciais para exigir o cumprimento de todas as medidas de prevenção que garantam segurança aos funcionários e à população.
Os hospitais de campanha são estruturas temporárias, recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que estão sendo construídos ao redor do mundo, aumentando a oferta de leitos para atender pacientes com sintomas da Covid-19.
Texto: Anne Costa – Fotos: Felipe Borges e Kelson Araújo