Uma tragédia tirou a vida de Daniele Alves Matos, de 19 anos, no final da tarde de ontem, domingo (12), em Parauapebas. A jovem tinha deficiência intelectual e caiu em um poço ao se distrair ao celular, no assentamento Parque da Cachoeira II, na localidade de Santa Cruz, zona rural do município.
De acordo com o sargento Vale, do Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu por volta das 17 horas e o poço em que a vítima caiu possui profundidade entre 17 e 20 metros.
Quando chegamos ao local, de difícil acesso, ela já havia morrido e estava no fundo do poço com aproximadamente uns quatro metros de água. Ela estava sentada embaixo. Retiramos, mas não teve mais o que se fazer. Acionamos o Instituto Médico Legal (IML) para remover o corpo”, informou.
Aos bombeiros, os familiares informaram que possuem uma propriedade no local, para onde foram comemorar o Dia dos Pais. “Ela tinha deficiência e, mexendo no celular e andando, acabou caindo. Estava sem tampa”. O poço estava coberto apenas com pedaços de madeira, que cederam ao peso da jovem.
Luciana Marschall – com informações de Ronaldo Modesto

Comentários do Facebook