No último final de semana, uma usuária da UPA em Parauapebas gravou um vídeo mostrando o descaso de um médico e rapidamente viralizou nas redes sociais. Segundo a usuária, o médico não quis medicar sua filha que estava vomitando desde a madrugada e chamou a Polícia para retirar a moça das dependências da UPA.
Logo que tomou conhecimento da situação, o Prefeito Darci Lermen se pronunciou sobre o caso e afirmou que o responsável irá pagar pelo acontecido.
A Assessoria de Comunicaçāo da Prefeitura Municipal de Parauapebas emitiu a Nota abaixo:
“A Prefeitura de Parauapebas informa que após tomar conhecimento sobre denúncia relacionada ao atendimento a uma usuária na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), tomou todas as providências para instalar no próximo dia útil, segunda-feira, 25, uma comissão de sindicância que irá apurar o caso.
Em se tratando de conduta profissional inadequada por qualquer profissional da unidade, a Secretaria de Saúde (Semsa) tomará as medidas pertinentes imediatamente.
A Prefeitura de Parauapebas reforça que promove regularmente treinamentos e capacitações para profissionais de saúde com boas práticas para aperfeiçoar o atendimento e torná-lo cada vez mais de fato humanizado.”
Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

Comentários do Facebook