Por volta das 16:00h dessa sexta-feira, (2), uma casa localizada na rua M no bairro União quase foi palco de uma tragédia. Pois, a casa funciona como uma república para funcionários da Empresa Civil Master Engenharia e cerca de 20 trabalhadores moram no local.

Sr. José Vicente: "Por sorte não tinha ningém ali dentro, estavam todos trabalhando"

Sr. José Vicente: “Por sorte não tinha ninguém ali dentro, estavam todos trabalhando”

O Sr. José Vicente que é morador do bairro, ao passar pela rua notou que estava saindo muita fumaça preta de dentro da residência e com a ajuda de algumas pessoas conseguiram abrir o portão e constataram que se tratava de um incêndio de grande proporção. As pessoas entraram na casa pra ver se tinha alguém ferido e começaram a retirar os móveis que ainda não tinham sido atingidos pelo fogo. “Por sorte não tinha ninguém ali dentro, estavam todos trabalhando. Creio que se isso fosse durante a noite, uma tragédia maior teria acontecido”, disse José Vicente.
Dois caminhões do Corpo de Bombeiros chegaram ao local e conseguiram controlar as chamas. Segundo informação de um dos Bombeiros, há indícios que o incêndio começou em uma tomada onde havia um aparelho celular carregando. O forro da casa que tinha uma parte em PVC e a outra em madeira ficou totalmente destruído, fazendo com que o teto desabasse em cima dos móveis da casa.

Trabalhadores chegaram depois que os Bombeiros jpa tinham controlado o incêndio.

Trabalhadores chegaram depois que os Bombeiros já tinham controlado o incêndio.

Por volta das 17:00h, os trabalhadores que chegavam do serviço, não entenderam o que tinha acontecido. Uma pessoa responsável pela empresa reuniu com os trabalhadores para explicar o ocorrido e informar o que seria feito.

Sargento Costa: vamos aguaradar o resultado da perícia para saber realmente o motivo do incêndio

Sargento Costa: vamos aguardar o resultado da perícia para saber realmente o motivo do incêndio

O Sargento Costa, do Corpo de Bombeiros, disse que “ao chegar no interior da residência, foi encontrado muita fumaça, escombros sobre os móveis, os rebocos das paredes no chão e muita coisa distruída pelo poder do fogo. Cerca de 90% foi destruído pelo fogo. Tomamos as primeiras providências como o desligamento da energia elétrica, a extinção do incêndio, logo depois o resfriamento e o rescaldo em toda a área. e vamos aguardar o resultado da perícia para saber realmente o motivo do incêndio”.
Alguns trabalhadores estavam preocupados pois, documentos pessoais foram destruídos. Eles serão levados para um alojamento da empresa e ningúem da Civil Master Engenharia quis comentar sobre o ocorrido.

Déo Martins – da redação do Portal Infopebas

Comentários do Facebook