A pandemia do novo coronavírus impôs restrições de visitas a pessoas internadas para tratamento da Covid-19. Mas a interação social, além de humanizar o atendimento hospitalar, contribui na recuperação dos pacientes. Para minimizar o impacto emocional do isolamento necessário, o Hospital de Campanha (HC) de Parauapebas acaba de implantar três tablets para possibilitar o contato entre pacientes e seus familiares por meio de videochamadas.
Este novo canal de comunicação também vai facilitar contato entre as equipes médicas e as famílias, com intuito de acompanhar a evolução clínica e recuperação dos pacientes. O HC, que teve aporte da Vale, mantém gestão do Instituto Acqua em parceria com a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).
O atendimento psicológico já faz parte da rotina dos pacientes, e agora, antes e depois das videochamadas que duram cerca de dez minutos, os pacientes também terão acompanhamento terapêutico. Além de encurtar distâncias, o foco é motivar os pacientes, como explica o psicólogo Felipe Lemos de Oliveira.
Nós percebemos que é muito importante esta interação entre o paciente e sua família. A saúde do paciente é muito beneficiada com esses momentos de interação. Este vínculo e força que ele recebe da família, através de uma ligação em vídeo, vem de maneira importante trazer conforto e reforço ao paciente fragilizado”, avalia o psicólogo.
Internado há 15 dias no Hospital de Campanha, Sady Gonçalves Pereira, 69 anos, agradece o auxílio dos profissionais em sua recuperação. “Nesses 15 dias que estou internado aqui só tenho a agradecer a Deus por receber apoio de todos os profissionais do hospital. Eu oro todo dia por esses profissionais, para Deus dar inteligência para eles continuarem salvando vidas”, diz o paciente, um dos que efetuou chamadas por vídeo com a nova tecnologia adquirida pelo HC.
Com atendimento humanizado, o hospital oferece informações do quadro de saúde de cada paciente para os familiares, diariamente. O objetivo desta iniciativa tecnológica é a melhora do quadro emocional por meio de carinho e atenção.
Após a alta, pacientes e familiares também recebem orientações para cuidados em casa. “Nossa gestão investe muito em humanização, marca do Instituto Acqua ao longo de 21 anos. Possibilitar esse contato virtual entre paciente e familiar ajuda significativamente e aproxima, principalmente nesse período de distanciamento. Para nós, é motivo de alegria ver a satisfação de cada paciente após atualizar a conversa com aqueles que mais amam. Nos dá ainda mais motivação nesse combate ao novo coronavírus”, exemplifica David Dias, diretor-geral do HC.
Texto e foto: Assessoria de Comunicação do Instituto Acqua