O melhor insumo que podemos entregar aos produtores rurais é o conhecimento”, disse a zootecnista Acaína Kiss no encerramento do curso de Apicultura e Meliponicultura, promovido pela Secretaria Municipal de Produção Rural (SEMPROR), e ministrado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), entre os dias 8 e 12 de abril.
Foi gratificante, aprendizado é sempre muito bom! E a apicultura é uma atividade de complemento de renda, importante pra nós produtores. Aprendemos técnicas mais profissionais durante a capacitação, não usávamos, por exemplo, a ficha zootécnica”, detalhou Rosemir Ferreira de Sousa, da Associação Filhos do Mel da Amazônia (AFMA).
Foram formadas duas turmas para o curso, uma com 22 técnicos da Sempror e outra com 18 produtores rurais. “O curso foi importante para nivelar o conhecimento dos técnicos sobre apicultura e assim contribuir para a entrega de um atendimento técnico padronizado e de qualidade ao produtor rural”, destacou Rafael Campelo, zootecnista.
Nós, enquanto governo, temos nos preocupado em contribuir com autonomia e independência dos pequenos produtores rurais, conquista que passa pela aquisição de conhecimento. O investimento em capacitação tanto dos produtores, quanto dos nossos técnicos, é fundamental para alcançarmos desenvolvimento em nossa região”, ressaltou o titular da Sempror, Eurival Martins.
Cursos e capacitações ministradas
A parceria da Sempror com o Senar já resultou em 60 capacitações de 2017 até então, com a participação de 1.826 produtores rurais. Cursos como Derivados do Leite, Fruticultura Básica, Poda e Enxertia, Embutidos e Defumados, entre outros, foram disponibilizados aos produtores com o objetivo de prepará-los cada vez mais para uma boa gestão dos seus empreendimentos rurais.
Produção de mel
A AFMA produziu em 2018 duas toneladas e meia de mel, uma quantidade ainda pequena se levado em consideração a demanda de Parauapebas, “é insuficiente para atender o mercado interno”, afirmou Rosemir.
Texto: Karine Gomes – Fotos: Bruno Cecim – Assessoria de Comunicação – ASCOM | PMP

Comentários do Facebook