Na manhã da última segunda-feira (19), moradores da Rua São Jorge, no Bairro Guanabara ficaram assustados, depois que Cloves Ramos, de 26 anos, colocou fogo na sua própria casa.
Uma casa bem simples, de madeira e queimou tudo. A mãe de Cloves ficou preocupada com o que poderia ter acontecido com seu filho, ao chegar em sua residência que fica ao lado da casa de Cloves, se deparou com ele ouvindo música tranquilamente como se nada tivesse acontecido.
Expedita Ramos, mãe de Cloves, conversou com a equipe de reportagem e afirmou que seu filho tem problemas psiquiátricos, o que pode ter levado o mesmo a cometer o ato. E que logo após o mesmo foi levado e ficou internado no Hospital Municipal para receber tratamento.
Ainda de acordo com a Mãe de Cloves, o filho é dependente de uma medicação que não deixa o mesmo ter surtos psicóticos há oito anos, e já estava há dois dias sem tomar o medicamento. “Foi muito rápido, eu saí para comprar um lanche para ele, por volta de 9 horas, e quando voltei, o fogo já havia tomado conta de tudo”, relatou dona Expedita.
Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi até o local para controlar o fogo, mas ao chegarem nada puderam fazer, tudo havia virado cinza.
Fotos: Ronaldo Modesto – Correio de Carajás